Translate

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

A POLÍTICA DO PÃO E CIRCO CONTEMPORÂNEO



FALTANDO MENOS DE 12 MESES PARA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS, VEMOS COISAS NO MÍNIMO “DIFERENTES”, PARA OS PARÂMETROS DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE FORTALEZA. A PREFEITA LUIZIANNE LINS QUE GOVERNA A CAPITAL DO CEARÁ DESDE 2004 VEM RECEBENDO CRÍTICAS, EM VÁRIAS ÁREAS ADMINISTRATIVAS, PRINCIPALMENTE SOBRE A SITUAÇÃO CRÍTICA DA MALHA ASFÁLTICA DA CIDADE. ENTRETANTO NESTE SEGUNDO SEMESTRE COM A APROXIMAÇÃO DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS, O SERVIÇO DE RECAPEAMENTO DAS RUAS E AVENIDAS E NA MAIORIA DOS CASOS COM A RENOVAÇÃO DO ASFALTO, ESTÁ EM RITMO ACELERADO NA NOSSA CIDADE. AVENIDAS COMO A AUGUSTO DOS ANJOS, ANTONIO SALES, AGUANAMBI E A TREZE DE MAIO, ESSA ÚLTIMA, VÊM RECEBENDO UM SERVIÇO DE PONTA. FAZENDO MUITA INVENJA A RUAS E AVENIDAS DA PERIFERIA, COMO A AVENIDA JOSÉ BASTOS, OSCAR ARARIPE E A OSÓRIO DE PAIVA.
OUTRO FATOR GERADOR DE DESCONFIANÇA É A CONTRATAÇÃO DA CANTORA IVETE SANGALO PARA CELEBRAR O ANO NOVO NA CAPITAL CEARENSE, FESTA ESSA COM GASTOS ASTRONÔMICOS, QUE SÃO MOTIVOS DE DENÚNCIAS, MAS SENDO SEMPRE ARQUIVADOS PELOS CONSELHEIROS DO TCM.
DESEJO SOMENTE APRESENTAR AO POVO CEARENSE, FATOS DUVIDOSOS QUE NECESSITAM DE UMA ATENÇÃO REDOBRADA, POR PARTE DOS ELEITORES. É MAIS IMPORTANTE PARA O CIDADÃO, ASFALTO, FESTA DE REVEILLON, PRAÇAS OU MAIS HOSPITAIS, EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, POLÍTICAS PÚBLICAS PARA OCUPAR O TEMPO DOS JOVENS? NECESSITAMOS DE CONSCIÊNCIA POLÍTICA, ONDE O CIDADÃO POSSA PENSAR E DIZER SOBRE SUAS NECESSIDADES. RECLAMAR QUANDO NECESSÁRIO E PARTICIPAR DO PROCESSO POLÍTICO. POIS ESSA POLÍTICA DO PÃO E CIRCO PARECE UMA ROTINA NA VIDA DO CIDADÃO FORTALEZENSE.

VERGONHA!!!! TRAIDORES DA EDUCAÇÃO!!!!


A verdade para Dep. dra. Silvana: deputada evangélica que apoia o fracasso da educação no Estado.

Dep. Dra. Silvana diz-se representante dos evangélicos,
mas configura-se atualmente como traidora da educação.
Mesmo após testemunhar a grande resistência dos educadores, deputada evangélica vota contra professores. A irmã em Cristo (? [a fé sem obras é morta]) Dra. Silvana fingiu não ver nada e ficou do lado dos governantes que apoiam o desmantelamento da educação pública no Estado do Ceará. Fico muito triste ao ver um Cristão tão insensível a questão social. Acredito que a sra. deputada não frequenta a escola bíblica, pois caso frequentasse saberia que os verdadeiros Cristãos lutam por aquilo que é justo.
Deputada Silvana, a senhora ocupa um cargo público para pensar ações para beneficio de todo o povo cearense de acordo, é claro, com os princípios de Cristo e não apenas para fazer homenagem a pastores e igrejas. É justa sim a homenagem aos pioneiros pentecostais do Ceará, mas há uma causa bem mais urgente deputada. Não esqueça, que tanto Daniel, como José governaram nações impias e nunca privilegiaram os judeus. Eles governaram para toda uma não impia e apenas garantiram o direito dos judeus adorar o Deus verdadeiro.
Onde está a voz da senhora como voz de justiça? A senhora está mais interessada em agradar sua base partidária e governista a pensa no que é certo. Lamento muito. É triste ver sua foto no mural dos traidores da educação ao lado de vários outros corruptos que pensam em aquário, castelão, copa do mundo e deixa o povo sem banheiro e uma educação digna.
Caso queira responder, lhe asseguro o direito de resposta nesse blog, basta mandar o email para facsjony@yahoo.com.br. Gostaria que respondesse. Tenho a impressão que a Senhora não tem preparo político para exercer tal cargo e vou mais além, essas homenagens que são justas, são na verdade aliança para apoio eleitoral nas próximas eleições.
Sei que isso parecerá um tipo de afronta e até talvez a senhora me chame de endemoniado, mas lembro que estou apenas falando um fato que é público. Se a senhora não gostou, trate de rever seus pensamentos e decisões ai no parlamento cearense e mostre e mostre que segue a Jesus com sua ações ai também.

Que Deus lhe abençoe. Aguardo sua resposta.

ass. Jony Bigu, que também levou spray de pimenta na cara como consentimento e omissão da irmã Silvana.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

UMA MISSÃO JESUÍTICA DO PROFESSOR

A CULPA NÃO É DO PROFESSOR.


O professor não quer estar em greve
Pois os alunos merecem estudar
Mas a culpa não é do professor
Que tem um governador ditador
Mandando a polícia, agredir o professor.

No tempo da minha mãe
O professor tinha direito
Recebia um salário digno
Sempre acompanhado de aumentos
Era chamado de mestre, e era tido como exemplo
Seu trabalho era valorizado,
Igual a um advogado e doutor
Os alunos tinham o respeito
E não agrediam o professor.

No fim dos anos 80 a situação piorou
Depois de prefeito de Fortaleza,
O Ceará, Ciro Gomes governou.
No período das férias
Todos os direitos acabaram
E com o salário limpo e seco
Os professores choraram.

Depois disso muita coisa não mudou
Veio o Tasso, Beni Veras e o Lúcio que era doutor
Mas foi com Cid Gomes, que a ditadura voltou.
Ele não negocia em greve,
Ferindo o direito do trabalhador.
Que usa esta arma contra um Estado repressor.

O docente quer apenas
Um salário decente,
 Que possa Pagar
 Suas contas tranquilamente.

Mas o governador, não que negociar
Mas, Fala na mídia: A greve deve acabar!
Usa argumentos sem conexão.
Fala todo dia na televisão
 Que tem dinheiro para o Aquário e
Também para o Castelão.
Usando o dinheiro do povo com obras de diversão.
Será que tudo isso
É melhor que a educação?

Ele passa o dia no palácio da Abolição
Que agora tem uma área de exclusão
Nem que mora no local
Passa sem sua autorização
Desrespeitando o direito
De ir e vir de todo o cidadão.

Ele deve pensar que estamos na
Ditadura militar
Onde baixávamos nossas cabeças
Sem direito de falar.
Pois aprenda governador
 O professor é cidadão
E tem uma grande arma na mão
Que pode mudar a nação,
Esta que nós amamos
Chamada educação.

Não queremos migalhas,
Nem aumento miserável
Nem queremos o “teto”
Exigido por todo o deputado.
Queremos apenas o “piso”
Que por Lula foi sancionado.

Não invente que não tem dinheiro
Pois, o governo complementa
Então ligue para Dilma
E deixe logo de besteira.

Desde 2008, a Lei existe
Não adianta negar
O senhor relaxou
Agora o Piso tem que pagar.

Depois de tudo isso
Chegamos a uma conclusão
Se ele manda bater
Nos seus funcionários
Imagine o que ele faria
Se fosse o “povão”.


Fortaleza, 05 de Outubro de 2011
LUIZ MOURÃO